quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

Relatório de Campo ou Check-List

Este texto tem por finalidade orientar de forma resumida um instrumento de auxílio às atividades da inspeção de equipamentos, O Relatório de Campo ou Check-List, e indicando possíveis áreas que possam auxiliar ou mesmo orientar os serviços a serem executados, minimizando falhas ou mesmo acidentes na condução das mesmas.
O Relatório de Campo ou Check-List tem por finalidade auxiliar o inspetor na execução da inspeção, promover uma dinâmica entre esse profissional e o digitador (caso não seja a mesma pessoa responsável pela execução do relatório final) e evidenciar descontinuidades que mereçam um tratamento imediato.
O Relatório de Campo pode ser simples ou mais rebuscado, fica a critério do executante, o importante é que seja funcional.
Nele deve conter as informações mínimas a serem observadas, tais como: croquis, observações/recomendações de relatórios anteriores, a fim de facilitar a fechamento do relatório final.
Mais precisamente no que se refere a observações/recomendações de relatórios anteriores, devemos ressaltar que uma boa inspeção é aquela que começa ainda antes da avaliação do equipamento em campo, ou seja, avaliação do histórico e a realização de um bom planejamento dos serviços a serem executados, a fim de minimizar as surpresas durante a execução das tarefas de inspeção.
Para os equipamentos novos, que não possuem histórico algum, cabe muito bem uma reunião com os responsáveis de produção e processo, levantando quais são os possíveis mecanismos de deterioração e os respectivos locais onde esse evento possam a vir acontecer. Não se esquecendo da área de Segurança Industrial, pois o volume de serviços em espaços confinados e/ou em altura necessitam de avaliações específicas conforme as normas vigentes, NR-33 e NR-18, respectivamente.
Para visualizarem um modelo de Check-List clique aqui ou ainda acessem seção de download.



Rodrigo A. Missio
Alexandre Augusto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário